sábado, 15 de janeiro de 2011

Estes dias...

Têm sido mais ou menos assim. Olhar para o mundo e não vivê-lo. É falar com as paredes. Discutir com os livros. E no pouco espaço de tempo organizar a desarrumação caseira. Agora resta esperar que o esforço de estar isolada do meu mundo, valha a pena. Hoje os pratos riram-se para mim, devem ter gostado do ar mais clean que lhes dei. Ou então estou a ficar doidinha, e sou eu que já me rio para eles a fim de conseguir ter uma conversa com alguém. Quiçá falar da novela que deu um quarto para as cinco. Sim, é que a caneta já não me consegue ouvir. A tostadeira já cora. Cora de tal maneira que já passavam das dez da manhã e lá continuava ela, corada. São vidas.

by C.