quarta-feira, 29 de junho de 2011

Do poder das palavras e da efemeridade da vida



A música que Angélico escreveu para Francisco Adam, quando este morreu também vítima de acidente. “Eu não te quero perder, presta atenção ao que te digo, encara a estrada como um perigo. Eu não te quero perder, o teu sorriso é o nosso sorriso, eu não te quero perder, estejas onde estiveres, estamos contigo”, em 2006.

By C.

3 comentários:

Lolita disse...

É verdadeiramente irónico não concordas? :/

Girls Next Door disse...

bastante irónico ;(

Anónimo disse...

ui... lá está "olha pó que digo; não olhes pó que faço"

primaS