quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Welcome... W.C.!


Ora regressamos! À velha vida. À velha vizinhança. À velha rua.
Mês e meio depois parece que há algo de diferente no ar. As casas mudam o decor. Há mais luzes, mais casas compradas (crise?! qual crise?).

As pessoas estão bronzeadas e com ar mais cuidado. Mas há uma coisa que permanece igual (hum isto lembrou-me a mítica musica do anuncio ao Pingo Doce) as casas-de-banho públicas. Sou só eu ou todos os sensores nelas colocados foram de inteira responsabilidade de homens?

Vai a C. e senta (não totalmente não vá o diabo tecê-las), vai a C. e faz xixi, vai a luz e apaga, vai a C. e levanta-se, vai a luz e não liga, vai a C. e levanta-se mais um pouco, vai a luz e liga, vai a C. e volta a sentar, vai a luz e volta a desligar, vai a C. e levanta-se, luz volta a ligar. Nisto já lá vão 30 flexões de pernas e fazer xixi que é bonito nada!
E também há as casas-de-banho que não basta levantarmos, ainda é preciso esticar e andar lá a abanar o bracinho até que haja luz.

Só em pé é que o sensor liga. Mas nós mulheres ainda não fazemos xixi de PÉ!!! É caso para dizer sensor...ed! (i.e. censored).

Homens! Egoístas!

by C.

2 comentários:

Manuela disse...

A chamada ginástica de WC, que todas nós somos obrigadas a fazer, de vez em quando ;)

ℓ’anima disse...

Nunca tinha pensado nos culpados desta ginástica toda que somos obrigadas a fazer, mas está muito bem visto! De certeza que eram homens...!

E então quando temos que andar a abanar o bracito e tudo... Bah!