sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Nós versus Chuva




Diz que chove. Muito. Pois.

Foi com estes dilúvios que hoje reparei na "espera" que os meus vizinhos fazem para sair da porta do prédio. Aliás, não são só eles, acho que quase toda a gente quando sai de qualquer local coberto fica assim, a modos que em transe durante uns segundos até se "mandar" para a chuva.

Olhamos para a rua, reparamos no óbvio que é "chove a pacotes e não há mínima hipótese de não me molhar", mas mesmo assim, ficamos ali no vai-não-vai, como se de uma preparação se trata-se, como se tivéssemos a recordar que trazemos o impermeável, as botas... como se de repente pudesse parar de chover para nosso belo prazer.

São atitudes coisas.

by N.

2 comentários:

Quando e como eu quiser disse...

No fundo, é todo um ritual antes de apanhar a real molha.

100 Pretensões disse...

É verdade isso também me acontece :)