quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

A loja estranha.


Do outro lado da rua temos uma espécie de loja, mercearia, com dimensões pequenas, que vende artigos mais ou menos convencionais. Isto é, água, vinhos, açúcar, arroz e por aí fora. Seria isto tudo normalzinho não fosse a sua localização. Exactamente, duas ou três portas ao lado, de uma grande superfície comercial. Sim meus adoráveis leitores, imaginem que mesmo ao lado do Continente (vá lá Continente, tragam lá um cabazito aqui para as miúdas pela publicidade) tinham a loja da Ti Maria. É caso para ficar com dúvidas. É caso para perguntar como aquilo sobrevive se está sempre (sempre, sempre!) "às moscas".

Isto é como termos um vendedor de gelados ambulantes, com a sua carripana em frente à Haagen-Dazs. E lá continuar, durante anos, a ver as pessoas a entrarem e a saírem com gelados.

É estranho, muito estranho.

by C.

3 comentários:

Susaninha disse...

AHAHHAHAH..ESTRANHO ...PÕE ESTRAMHO NISSO:):)
SUUUUUUUrrisinhos:)

Anónimo disse...

pois, tão estranho como...ver um gajo giro, apaixonado por uma gaja gira e que se mantém ao lado de uma...gaja feia!
;-)

primaSdaN

Girls Next Door disse...

Su: é de facto estranho! muito estranho:)

Prima S. da N.: LOLOL ;)