sexta-feira, 12 de março de 2010

A propósito da cueca da vizinha...


… a ideia não é de todo ser mazinha, nem rir as custas da cueca XXL da vizinha, nem tampouco que ela passe a usar um S de roupa interior (se bem que uma dietazita faz bem a qualquer alma, não só pela aparência, mas acima de tudo por uma questão de saúde), e muito menos que passe a secar a roupa no microondas, mas no que toca a roupa interior, não há necessidade de a colocar à vista desarmada.
Vai um qualquer transeunte e vê uma panóplia de cueca, soutien e afins.

Já estou a ver a malta a imaginar se o vizinho do 5º direito traz os boxers tigre ou leopardo, a filha de 16 anos do casal do 3ºesquerdo, a cueca da betty boop ou da hello kitty, ou se a boazona do rés-do-chão vem com o conjunto rendado preto ou vermelho.

Para imaginações como estas já nos chega o vizinho da frente, que veste armani tal e qual se vislumbra o Sr. David na foto. Só não sabemos em qual dos dias da semana.

Vamos la todos colocar uma camisola, um lençol ou uma toalha no estendal na parte da frente (que é a que fica visível para a rua) e os interiores na parte de trás, vamos?
By C.

2 comentários:

cacau disse...

ora aí está uma boa ideia! :P

Corset disse...

ora nem mais! a lingerie não precisa ficar na 1ª fila, pois não?;)