segunda-feira, 8 de março de 2010

Episódios de supermercado


Mesmo perto de nossa casa, temos um supermercado onde quase diariamente nos deslocamos para reforçar o que é preciso no lar.

Foi exactamente numa dessas idas que me deparo, logo ao inicio da superfície comercial, com a promoção do "mês do bébé". Aproveitei, porque estava logo ali, dirigi-me à parte das refeições para tão queridos seres e peguei na embalagem de cerelac de tutti frutti - a minha preferida. Até aqui tudo normal, não fosse virar-me já para seguir rumo a outro corredor e vejo que mesmo ao meu lado estava um senhor (penso que na casa dos 60 e tal anos) a observar-me atentamente e que se saí com a seguinte pérola: "Tão novinha e já mamã??"

Confesso que paralisei, nem sei se pelo "tão novinha" se pelo "já mamã?". E confesso que adorava ter visto a minha cara aquando desta questão.

Esclareci logo simpático senhor, ficando ele a perceber que gente grande também come cerelac, também utiliza óleo johnson no final do banho, também come fruta de bebé, e também usam toalhetes não para limpar o rabiosque, mas para andar no carro pois dão imenso jeito.

Apesar de ser uma coisa que quero muito ser, mamã, por enquanto estes produtos são mesmo para meu uso, e apesar do senhor me ter achado novinha, já estou naquela idade que se é velha para irresponsabilidades, para festas diárias até as tantas da manha, para relações pouco serias, para não trabalhar, mas que ainda se é nova, e ainda não se alcançou estabilidade para comprar casa, para casar e para ter filhotes.

Será portanto, o quarto de século, a idade do fica-aí-paradita-e-não-faças-nada. E já agora atenção ao que se compra e a quem o analisa.

By C.

3 comentários:

Raquel disse...

Bem, se fores como eu que já atingi os 30 e me continuam a dar 23/24 anos e até já me deram 18 no cabeleireiro quando a senhora muito simpatica me perguntou se estava em época de testes e que o meu cabelo era tão brilhante que só podia ser de adolescente (boa, gostei!) está explicado.
Uns tenis, calças de ganga e um t-shirt fazem destas coisas.

Ainda não sou mãe, mas se fosse concerteza que ao fim de semana quando uso roupa mais informal, iria ouvir dessas bocas. Deixá-los e esperemos que aos 40 continuem a pensar o mesmo! ;)

EK disse...

Só me apetece rir.. Lol. Há alguns velhotes que assustam ou é só impressão minha?

Girls Next Door disse...

Raquel: é fantástico que assim seja... e mais do que a imagem... há que manter o espirito jovem=)

EK: Se assustam! Como estão menos ocupados e mais livres... observam as coisas de outro modo. Teve a sua graça.=)