quarta-feira, 10 de março de 2010

Vizinhos de meu menino: ODEIO-VOS (muito mesmo)


Eu sei que é feio... eu sei que estes pseudo-vizinhos devem precisar mesmo das obras... eu sei, eu sei, ... mas já chega! Plamor da santa!!!!

Um mês já nisto... mas aquilo vai virar hotel 5 estrelas??? Que raio de casa precisa de um mês de obras? Um palheiro lá está e hoje, ou muito me engano e esta mente rebuscada está a dar de si,ou eles estão mesmo a construir uma calçada portuguesa em casa. Era batuque ao estilo de banda mal sucedida, intermitentemente em três diferentes tons de má musica.

Eu, pessoazinha com muitos afazeres SÒ a iniciarem as 2 da tarde, ali estava em pé as 10, com o sobrolho levantado ao estilo de não me toquem que eu vou rebentar. E rebentei. Não foi a massa adiposa, mas sim o meu punho que saiu projectado contra a parede numa tentativa vã de tomaaaaaa-lá-pinhões-para-ver-se-também-gostam. Burra. Muitos sobrolhos levantados agora para mim... como se isso lhes fosse causar vergonha e abandonassem a maquinaria em tom de simpatia. Burra. Uma burra de punho inchado á escala da vontade de matar que eu tinha. Muita.

E assim, o meu menino que me perdoe, mas ele que pegue nas sua trouxa, porque a minha almofada não volta a passar uma manhã ali.

Vamos ter sérios problemas, vamos vamos.

By N.

1 comentário:

Pedro Albuquerque disse...

lol vocês têm seempre muita piada!